sábado, novembro 16, 2013

(MAIS) UMA CRÔNICA PARA VOCÊ

Perdi a conta de quantas vezes abri meu bloco de notas hoje. Tá bom, você não tem nada a ver com isso, mas eu precisava arrumar um jeito de começar este texto. Eu não sei mais falar sobre sentimentos. Desaprendi a fazer o que ocupou minha vida por todos esses anos, acredita? É, eu também não acreditaria se estivesse em seu lugar lendo essas bobagens sem qualquer tipo de necessidade. Acontece que meu exagero fala bem alto as vezes. E você levou suas malas, roupas, fotos, cheiros e eu fiquei aqui sem ter sobre o que falar.

Eu não quero precisar de você, mas tenho tanta urgência e necessidade de tudo o que te envolve, que permaneço aqui estática. Imóvel. Parada no tempo olhando meu bloco de notas vazio. Você levou minha inspiração. E eu preciso tanto, mas tanto, falar sobre esses sentimentos que fui engolindo e sorrindo amarelo e engolindo mais um pouco. Preciso urgentemente descarregar essas emoções em qualquer lugar porque elas estão me sufocando. Penso em escrever sobre o amor e a resposta termina em você. Penso em escrever sobre o ódio e, apesar de contraditório, termina em você também. Porque é você o motivo disso tudo, entende? A inspiração e a falta dela.

Obrigada por mais esse texto. E por todas as coisas boas que sinto quando penso em você.

2 comentários:

  1. Oie, td b?
    Passei para retribuir a visita no meu cantinho...legal seu canto tb!
    Volte sempre!!!
    Bj e fk c Deus,
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do que vi !
    Muito difícil encontrar espaços bacanas como este :_)

    Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada,

    http://bolgdoano.blogspot.com.br/

    Agradeço desde já !

    ResponderExcluir